Bem vindo ao mundo encantado das 4 cordinhas mágicas

Início Fóruns Ukulele Dúvidas gerais Transformar Ukulele Acústico em Elétrico

Transformar Ukulele Acústico em Elétrico

Este tópico contém 1 resposta, possui 2 participantes e foi atualizado pela última vez por  João Tostes 1 mês atrás.

  • Autor
    Postagens
  • #1963

    Bruno
    Participante

    Olá Galera,

    Gostaria da ajuda de vocês, necessito de um ukulele elétrico. No momento não tenho dinheiro para fazer um grande investimento em um ukulele muito TOP, então:

    1 – Gostaria de saber se existem opções alternativas para captação de som que não a de colocar um captador interno e precisar levar em um luthier. Meu ukulele está com um som muito bom e tenho medo de que esse serviço, de alguma forma, estrague o som.

    2 – Necessariamente todo ukulele que tenha uma boa capatação também é bom acusticamente ? Como tenho um bom ukulele acústico não me incomodaria de ter um ukulele que não seja muito bom acusticamente porém tenha um bom som plugado, claro caso isso o deixasse mais barato.

    3 – Até que ponto vale vender meu Ukulele e juntar o dinheiro para comprar um que me atenda tanto acústico quanto plugado ? O ukulele desvaloriza muito ? Não vejo muita gente procurando ukueles que nem o meu, geralmente a galera procura comprar os mais simples. Seria fácil vender, sem precisar colocar metade do preço de compra ?

    – Atualmente possuo um Kala KA-SC (Concert, Tampo solido em Spruce)
    – Não posso gastar mais de 500 reais
    – Gostaria de um ukuele Concert ou Tenor.

    Espero que tenham entendido meu drama e possam me ajudar a decidir o que fazer. rs

    Att,
    Juno Brosé
    Ukulele Kala KA-SC (Concert, Tampo solido em Spruce, Aquila Carbon Black high G)

  • #1973

    Fala Bruno, tudo na paz?

    Sobre a primeira pergunta, existem captadores de contato, mas testei ao longo de 6 anos, 6 captadores diferentes desse tipo e tudo que tive foram problemas. Recentemente recebi um banjolele que tem uma captação de contato e é muito boa pelo que li e ouvi, porém, não é fácil encontrá-la e no Brasil não vende. Logo farei um review deste banjolele e vamos colocar a captação à prova também. Prefiro testar bem primeiro do que emitir uma opinião agora, sabe como é né, cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça… Ainda, eu coloquei captador em dois ukuleles meus – num deles eu mesmo fiz pra testar, o outro levei no luthier. Ambos tiveram bons resultados e nada mudou no som acústico, exceto pelo fato de que se os fios ficarem soltos lá dentro, ou parafuso bambo ou coisas do tipo, você vai começar a ouvir chiados e barulhos em determinadas frequências (ou seja, quando toca determinada nota), e não vai saber exatamente de onde vem. Se o serviço for mal feito, pode ter consequências ruins sim.

    Sobre a segunda pergunta, não. Durante o curso do James Hill, quando estive no Canadá em julho deste ano, encontrei numa loja de instrumentos um ukulele da marca Godin, e a Aline Kelly acabou comprando-o. Plugado tem um som muito estável, limpo, timbre belo, aveludado e macio. Desplugado, sinto falta de tudo, do agudo ao grave, tudo é pra menos. Resumindo, pode ser que um bom ukulele plugado seja ruim quando desplugado. Nesse caso, não é barato e nem vende aqui no Brasil, se não estou enganado custava perto de $700 dólares canadenses.

    Sobre a venda, realmente não sei falar. Me aventurei algumas vezes em colocar alguns dos meus ukes à venda, deixei de tentar vender rapidamente, mas enquanto tentava poucas pessoas apareceram para perguntar a respeito.

    No seu caso, como já possui um ukulele com tampo maciço, se eu estivesse no seu lugar colocaria captação nele. Mesmo com os riscos, eu vejo como melhor opção.

    Ainda há a possibilidade de captar o som com um microfone na boca do ukulele, mas não sei se esse pode ser o seu caso (se é possível). A mim incomoda, gosto de me mover no palco, por isso uso captação undersaddle mesmo.

    Valeu Bruno, abraços!

Você deve fazer login para responder a este tópico.

Compartilhe!
© 2015 - 2017 Toca Ukulele
X